Cidades


Delhi

É a 7a cidade mais povoada do mundo. Os idiomas principais falados são hindi, urdu, punjabi e inglês. A importância histórica de Delhi provém de sua situação estratégica no norte da Índia. Está situada entre as colinas Aravalli e o rio Yamuna.

A primeira referência da cidade aparece no Mahabharata, História épica da Índia. As histórias do Mahabharata foram realizadas onde está localizada a atual Delhi, a mística cidade de Intraprastha, capital dos Pandavas, os heróis do Mahabharata. Segundo a história, Delhi seria uma das cidades mais antigas do mundo, já que sua história aconteceu há mais de 5.000 anos.

Pontos turísticos: O Portal da Índia, Templo Sikh "Gurdwara Bangla Sahi", Mesquita Muçulmana "Jama Masjid", Templo LaksmiNarayan, o Templo de Lotus, Askardham. 

Nesta cidade poderemos admirar as diversas religiões da Índia, através de seus templos de adoração, os quais iremos visitar e conhecer suas distintas maneiras de adorar a Deus, mediante a arte, a arquitetura, orações etc.


Portal da Índia


Templo Askardham


Templo Laksminarayan


Vida cotidiana em Delhi




Rishikesh

A Capital Mundial do Yoga está situada nas encostas do Himalaya. É conhecida como O Portal dos Himalayas, pois serve de ponto de partida dos peregrinos que visitaram Badrinath, Kedarnath, Yamunotri e Gangotri, as quatro principais cidades desta rota espiritual. 

Hṛṣīkeśa, da antiga lingua sânscrita, é um dos nomes de Vishnu (o sustentador do universo) que significa "Senhor dos sentidos". A cidade ganhou este nome depois que o Senhor Vishnu apareceu para um hermitão chamado Raibhya em sua forma de Hrishikesh. A história conta que o Deus Rama praticou penitência nesta região por ter matado Ravana, um rei demônio, e Lakshman, seu jovem irmão, cruzou o rio Ganges no lugar onde hoje está a Ponte Laksman, uma ponte pensil de ferro situada construida em 1939, que oferece espetaculares vistas da cidade. A ponte anterior a esta, também de ferro, tinha sido construida em 1889 para substituir uma ponte de cordas, mas foi destruída pelas inundacões de 1924.

O rio Ganges flui através de Rishikesh. E aqui abandona as montanhas de uma cordilheira paralela ao Hilamaya ao longo de 1.600km, e entra nas planícies do norte da Índia. Em homenagem ao rio Ganges, foram construídos diversos templos às suas margens. 

Rishikesh também é conhecida como A Capital Mundial do Yoga, pois nela há numerosos centros que atraem aos turistas. Se diz que a meditação realizada neste lugar facilita a liberação espiritual ou moksha, especialmente ao banhar-se no sagrado Rio Ganges.


Banho de cachoeira nas encostas dos Himalayas


Banho espiritual no Rio Ganges


Benção dos sábios yoguis


Cerimônia de adoração ao Rio Ganges


Cidade de Rishikesh


Grande estátua do Deus Hamunan

À beira do Rio Ganges


Tardes de contemplação no Rio Ganges

Adoração ao rio Yamuna

Vrindavan

Berço mundial do misticismo e da espiritualidade. Vrindavan é uma localidade no distrito de Mathurá, no estado de Uttar Pradesh (norte da Índia). Do sânscrito 'vana' significa 'bosque', e Vrinda é uma deusa, portanto, 'o bosque da deusa Vrinda'. 
Nas últimas décadas, o nome de Vrindavan tem sido utilizado na Índia para representar um lugar idílico ou paraíso. Inclusive nas áreas mais urbanas da cidade se encontra vida selvagem, pavões, vacas, macacos e uma grande variedade de espécies de pássaros. Alguns dos velhos bosques resistem o passar dos anos, inclusive várias reservas naturais como os bosques de Tulasi, planta sagrada. Este é o local onde o Senhor Krishna passou sua infância há mais de 5.000 anos atrás portanto, é considerada uma das cidades mais abençoadas e sagradas da Índia. Conhecida como A Cidade dos 5000 Templos, e tem como filosofia principal o vaishnavismo, adoração a Krishna (um dos nomes de Deus) e de Radha, Sua consorte.
Sua atmosfera feita de ruelas e adorações a Deus, que diariamente são realizadas em lembrança aos belos passatempos que Krishna realizou ali, convertem este vilarejo em um maravilhoso destino da mística Índia.

Pôr-do-sol no Keshi ghat


Krishna por todos os lados


Lago Kusum Sarovar


Vrajavasis, habitantes de Vrindavan


A espiritualidade está em todos

Admirando a arquitetura de Vrindavan


Aulas matinais de Yoga Inbound


Cada rosto uma história


Campos de Govardhan


Conhecendo o povo


Escola de dança e arte


Plantando árvores em Govardhan


Retiro das vacas


Rio Yamuna e suas surpresas


Ruas de Vrindavan


Templo Gopeshvara Mahadeva


Vida simples


Visita em escolas das redondesas

Jaipur

Conhecida também com A Cidade Rosada, Jaipur é a capital do estado Rajastão. Foi fundada em 1728 por Maharaj Sawai Jai Singh, governante de Amber e grande amante da astronomia. Na Cidade Rosada todos os edifícios históricos são pintados de uma cor rosa salmão que, no Rajastão, significa a cor da sorte. Está rodeada por uma muralha que possui dez portas; e foi desenhada segundo o Shilpa Sastra (um tratado antigo de arquitetura).

Locais a visitar:

Forte Amber: Um dos primcipais pontos turísticos da cidade, este é um complexo palácio que foi originalmente construido pelo povo Meena. Hoje em dia os turistas podem entrar no forte desde a base da colina, montados em elefantes. Durante o passeio se pode admirar as belas paisagens de Jaipur, tais como o lago Maotha e a muralha original da cidade.

Hawal Mahal, City Palace: Uma das peculiaridades da cidade de Jaipur é sua incrível arquitetura. Nestes edifícios poderemos ver como viviam os antigos governantes deste lugar. Suas vestimentas, seu estilo de vida, seus palácios, e suas histórias políticas e de amor.


A Cidade Rosada


City Palace


Templo Galjati


Pelas ruas de Jaipur


Jaipur


Museu Albert Hall


Portal do Palácio dos Ventos


Templo Radha Govindaji


Arquitetura Rajastani


Arte antiga, com mais de 400 anos de idade


Colegiais em Jaipur


Curiosidades nas ruas de Jaipur


Templo dos Ventos


Agra

É uma cidade situada à beira do rio Yamuna, rio sagrado adorado há milhares de anos. Está localizado no estado de Uttar Pradesh, no centro da Índia. Agra foi a capital do Império Mongol (muçulmano) entre 1556 e 1658, durante os reinados dos famosos imperadores Akbar, Jahangir e Sha Jahan, quando a cidade estava em seu máximo apogeu e explendor. O imperador Shah Jahan, da dinastia mongol, mandou construir o mundialmente famoso 'Taj Mahal' no ano de 1631. Este belo mausoléo foi construído em homenagem a sua esposa favorita "Arjumand Bano Begum", mais conhecida como "Mumtaz Mahal", quem morreu dando luz a sua 14a filha. A imperatriz fez seu marido prometer que iria construir a maior edificação do mundo. E assim cumpriu seu amado esposo. Se estima que a construção demandou o esforço de mais ou menos 20.000 obreiros. O 'Taj Mahal' tem sido nomeado uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.


O famoso Taj Mahaj


Apreciando a beleza


Entrada do Taj Mahaj


Lembraças do Tour 2012


Lembraças do Tour 2012


Lembraças do Tour 2011


Locais visitando o Taj Mahal


Muçulmanos indo orar no Taj Mahal


Taj Mahal


Haridwar

É considerada pelos hindus um dos 7 lugares mais sagrados do planeta. Está entre as 4 cidades que recebeu gotas de imortalidade caídas do pote carregado pelo pássaro celestial Garuda.
Alí, a cada 12 anos, acontece o Kumbha Mela, reunião de milhares de sadhus, yoguis, peregrinos e turistas que vem de diversas partes do mundo para realizar o sagrado banho no Rio Ganges e liberarem-se ao mundo espiritual.
Em Haridwar acontece diariamente a adoração ao Rio Ganges assistida por centenas de visitantes e devotos que oferecem suas orações a esta grande personalidade da cultura indiana. E aí teremos a oportunidade de ver e sentir um pouco da devoção deste povo até hoje tão espiritualizado.

Local para banho purificatório no rio Ganges

Diariamente visitantes chegam neste lugar

Grande monumento do Sr. Shiva na entrada da cidade

Mercado aberto

Subida de teleférico ao templo de Mansi Devi, a mãe do Deus Hanuman

Vista para o rio Ganges

Uma das deidades do Templo de Mansi Devi

Puja (adoração) ao rio Ganges